WHolz Advocacia e Consultoria

Você com certeza percebeu que desde 2021 a embalagem de Sonho de Valsa está diferente, não é mesmo?

O clássico embrulho com as pontas torcidas foi substituído por um pacotinho selado. Mas você sabe o que motivou a mudança?

Mais do que um rebranding, ou uma forma de manter a crocância do bombom, como a marca alega, a mudança se deve a uma estratégia para a redução do encargo tributário. Antes, o Sonho de Valsa era enquadrado na categoria dos chocolates, sujeito à alíquota de 5% de IPI. Com a embalagem “selada”, por sua vez, passou a ser classificado como Wafer, “Produto de padaria, pastelaria ou da indústria de bolachas e biscoitos”, sujeito a 0% de IPI. De forma simples, utilizando do Planejamento Tributário, a empresa Lacta conseguiu poupar milhões em impostos aos seus cofres.

Obviamente, estratégias legais para a redução do pagamento de tributos não são úteis apenas às grandes corporações, mas especialmente às pequenas e médias empresas.

Com um bom planejamento, o próximo case de sucesso pode ser o seu!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn